Oi, bonitos! Como está o final de semana de vocês?

Enfim chegou o sábado, o dia das capas temáticas! (uhuuul)  Espero que gostem da seleção que escolhi com o tema dessa edição.

Continuando com as cores do arco-íris, a cor da vez é a roxa. Quando fui escolher as capas fiquei chateada por descobrir que só tenho um livro com essa cor, e eu adoro roxo. Mas durante a pequisa me uma vontade enorme de adquirir quase todos (rsrs).

A série Fazendo meu Filme é um queridinho aqui no blog. Tem resenha de todos eles e por tanto gostar da escrita da autora, não podia deixar essa capa mega-fofa de fora. Como uma fanática por filmes, não pude deixar de adorar esses acessórios em Fazendo meu filme 4 (resenha aqui). São muito fofinhos *-*.
Outra querida aqui, tanto para mim quanto para Nina, é a autora Meg Cabot. Ainda não tive a oportunidade de ler Tamanho 42 e pronta para arrasar, mas estou muito interessada desde que conheci a série. Essa capa é um charme só.
Já a capa de Dezesseis Luas é um pouco sombria, mas não deixa de ter seu encanto. Roxo e cinza/prata (não consegui identificar o tom rsrs) dão um contraste bem legal, e a sinopse do livro me agradou muito.

Olás, galera leitora!
O post saiu tarde nesta sexta também, mas é a vida que anda um caos! hahaha
O escolhido de hoje é o livro "Se Eu Ficar" (que tem resenha aqui no blog). Escolhi este livro porque o tema dele promoveu várias frases magnificas e para se ficar pensando dias a fio. Apesar de eu, particularmente, ter gostado mais da continuação, lembro deste livro ter sido uma ótima leitura na época.
"A vida é uma grande, uma gigantesca confusão. Mas essa é também a beleza dela."
"Acho que eu tinha aquela ideia de que o amor é capaz de superar tudo.”

Título: Flirting with Danger
Autora: Suzanne Enoch
Número de páginas: 384
Ano: 2005
Editora: Avon 

Quem brinca com fogo...
A missão em Palm Beach teria sido muito fácil para alguém com a experiência de Samantha Jellicoe... se uma inesperada explosão não a tivesse arremessado diretamente para os braços do atraente e sensual Rick! Sam deveria surrupiar uma peça antiga e de valor inestimável, da residência de Rick Addison. O problema é que um outro invasor escolheu o mesmo dia e hora para invadir a mansão do milionário. Quando uma bomba explodiu, ameaçando levar tudo pelos ares, Sam salvou a vida de Rick, e depois prontificou-se a ajudá-lo a desvendar o mistério e capturar o malfeitor. Porém, a convivência com aquele homem cativante e sensual a levava a pensar seriamente em mudar de vida, a ansiar por uma chance de limpar o seu nome... e de se entregar de corpo, alma e coração para o atraente e sedutor Rick! 
Samantha Jellicoe é uma ladra experiente. Designada para roubar uma peça de grande valor em Palm Beach, a missão teria sido um sucesso, não fosse o fato de alguém ter tentado a matar com uma explosão. Sam saiu com vários machucados, mas viva, e ainda por cima conseguiu salvar a vida do bonitão e dono da residência Richard Addison. Ela saiu de lá sem ser reconhecida, mas o problema é que Rick, o bonitão, que deveria estar fora da cidade na noite do roubo, viu a ladra, apenas de costas, mas já serviu de válvula para Sam ser a principal suspeita da tentativa de homicídio contra Rick Addison, e o pior, um dos seguranças do milionário morreu na explosão. Desesperada para limpar sua barra e não ir para na prisão, Sam faz a única coisa que consegue pensar ser a solução para seu problema. Ela se alia ao cara que uma vez ela iria roubar.


Olá, bonitos! Tudo bem com vocês? Espero que sim :)

Essa semana estive relendo e respondendo alguns comentários aqui no blog, e me deparei com um comentário na resenha O Resgate do Tigre (resenha aqui) bem interessante sobre um dos personagens da saga A Maldição do Tigre. A comentarista falou como ela imaginava o personagem Ren se a saga virasse filme. Isso acabou me empolgando em fazer o meu elenco dos sonhos dessa história.

Como ainda não li todos os livros me basei nos personagens que aparecem no primeiro e segundo livro, ou ao menos são citados e são bem marcantes e fundamentais para a história.

Então sem mais delongas, esses foram os escolhidos:



Lilly James, na minha (nem tão humilde) opinião, é perfeita para interpretar a heroína Kelsey. Sempre imaginei uma bela jovem e com expressão séria, mas ao mesmo tempo encantadora e forte. Para quem não lembra a Lilly fez a Cinderella na adaptação mais recente do conto (2015). Mas só reparei bem nela no filme Orgulho e Preconceito Zumbis (2016), onde ela precisa usar suas habilidades em artes marciais, tiro e lutas de espada. Pensei: "só pode ser ela a 'minha' Kells". 








Para quem leu, ou começou a ler a saga, sabe o quanto o príncipe Dhiren é simplesmente a perfeição em forma de homem (e de tigre também rsrs). Então sempre vem a imagem de alguém parecido com o ator Henry Cavill na minha cabeça. Já pensou em você encontrar um tigre na sua frente (meda), mas que de repente se transforma nessa pessoinnha ali do lado? O coração não resiste mesmo. Te entendo, Kelsey!


Olá galera linda, tudo nos conformes?
Demorou, mas chegou, o post sobre as leituras do mês de fevereiro!
Li pouquíssimo! Apenas dois livros, pois o mês de fevereiro além de mais curto foi super corrido! Sou professora de inglês e as aulas por aqui começaram no dia 13/02, antes disso teve uma semana inteira de curso, além do tempo que tive que dedicar a planejamentos e etc... também participei de uma prova de processo seletivo. Então passei um pouco de tempo estudando (valeu a pena, pois consegui a vaga! uhuuu). Entre outras coisas, ainda ocorreu um fato bem triste por aqui. Minha casa foi assaltada em plena sexta-feira de dia (por sorte, não tinha ninguém em casa)! Daquele dia em diante eu fiquei bem atordoada e não conseguia fazer muitas coisas.
Agora que vocês ficaram por dentro do meu mês de fevereiro, vamos as leituras.